Fórmula para fazer Shampoo para cabelos danificados

Como fazer Shampoo para cabelos danificados

Formulação grátis para fabricar xampu perolado, o xampu fica com aspecto de brilho perolado, o que valoriza o produto dando uma aparência de sofisticação.

Produto de uso cosmético com agentes de detergência para maior suavidade, possui ativos que reparam as fibras dos fios, deixando o shampoo com uma intensa ação regeneradora dos fios capilares.

Contém Goma guar quaternizada (Jaguar C-162), que condiciona os fios capilares, deixando os fios macios e fáceis de pentear.

Fórmula para fazer Shampoo para cabelos danificados

Produtos químicos Quantidade
Lauril éter sulfato de sódio 2200 g
Dietanolamida de ácido graxo de coco 90% (Amida 90) 250 g
Cocoamidopropil Betaina 500 g
Base perolizante 400 g
Polietilenoglicol 400 40 g
D-pantenol 50 g
Goma guar quaternizada (Jaguar C-162) 100 g
Proteína de trigo hid. quaternizada 100 g
Cloreto de sódio qs
Essência 30 g
Corante qs
Ácido cítrico qs
Metilparabeno 10 g
EDTA 10 g
Água deionizada até completar 10 litros

Modo de fabricar o Shampoo para cabelos danificados:

Em um balde limpo com marcação de volume adicione 5 litros de Água deionizada, EDTA, Goma guar quaternizada e agite para homogeneizar.

Adicione Ácido cítrico diluído em Água deionizada aos poucos até o pH ficar entre 5,0 a 5,5. Para verificar o pH utiliza a fita de medir pH ou um pHmetro (aparelho de bancada para medir pH).

Agitar até a solubilização total dos componentes sólidos.

Em seguida adicionar sob agitação o D-pantenol, Proteína de trigo hidrolisada quaternizada, Polietilenoglicol 400, Cocoamidopropil Betaina, Lauril éter sulfato de sódio, Base perolizante e homogeneizar.

Em um recipiente adicionar o Metilparabeno e a Essência, misturar até solubilização e incorporar a Amida 90, misturar e adicionar no produto sob agitação moderada.

Se o produto tiver formado muita espuma, aguardar até que a espuma abaixe.

Complete o volume com Água deionizada até obter 10 litros.

Verificar o pH que deve ficar em 6,0, caso seja necessário, corrija o pH com solução de Ácido cítrico em Água.

Colorir com o Corante diluído em Água deionizada.

Se quiser que fique branco, não adicione corante.

Solubilizar pequenas quantidades de Cloreto de sódio em Água deionizada, ir adicionando aos poucos e sob agitação até o espessamento (acerto de viscosidade) do xampu.

A Viscosidade deve ficar entre 3000 a 6000 cP (bem grosso).
Aparência do xampu: líquido viscoso perolizado (com brilho perolado).

Por ser um xampu perolado, deve ficar grosso (viscoso) para que não aconteça que as partículas do agente perolizante se precipite para o fundo do frasco.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *