Arquivo da categoria: Como fazer cosméticos

Varias formulas grátis para a fabricação de cosméticos, fórmulas de shampoo, creme condicionador, cremes e loções corporais, sabonetes líquidos, cremes antiperspirantes, alisantes de cabelos, géis fixadores de cabelos, etc.

Formula reparo total condicionador para cabelos danificados

Formula reparo total condicionador para cabelos danificados, cosmético claro de enxague para reparar os cabelos danificados. O reparo total é um creme condicionador hidratante que restaura os fios capilares ressecados.

Esse cosmético proporciona uma sensação suave, excelente facilidade de pentear os fios estando eles úmidos ou secos, portanto ajuda a reabastecer a saúde do seu cabelo danificado.

O silicone BRB 5446 na formula reparo total condicionador para cabelos danificados promove uma facilidade de pentear e também condiciona o cabelo úmido e seco, proteção aprimorada da cor. BRB 5446 (Silicone Quaternium-17, Trideceth 5 & 7) é uma microemulsão de silicone funcional de amônio quaternário. É um agente condicionante ideal para produtos transparentes, para promover sedosidade, brilho e proteção da cor e contra o calor.

O Cloreto de cetil trimetil amônio é um quaternário de amônio que age como antiestático e condicionante dos cabelos em formulas de cremes rinse, cremes condicionadores, cremes regeneradores de cabelos e amaciantes de cutículas. Utilizado em formulações de produtos cosméticos pós-tratamento capilar. Possui efeito antiestático nos cabelos.

A Hidroxietilcelulose é um polímero formador de gel transparente, portanto age como espessante, doador de consistência e viscosidade.

A glicerina atua como agente umectante e hidratante, promovendo a hidratação nos cabelos danificados.

Como fazer condicionador para reparar os cabelos danificados

Formula para fazer 10 kg do produto cosmético.

  • Água deionizada – 9035 g
  • Glicerina – 200 g
  • Hidroxietilcelulose – 110 g
  • Cloreto de cetil trimetil amônio (a 50%) – 300 g
  • BRB 5446 – 200 g
  • Euxyl PE 9010 – 80 g
  • Essência – 15 g
  • Óleo de rícino hidrogenado (PEG-40 Hydrogenated Castor Oil) – 60 g
  • Ácido cítrico – q.s (quantidade suficiente)

Como fazer a Formula reparo total condicionador para cabelos danificados:

Em um recipiente adicione primeiramente a Água deionizada, Glicerina, Hidroxietilcelulose e agite até a formação de um gel.

Depois do gel de Hidroxietilcelulose formado, adicione em seguida sob agitação o Genamin CTAC 50 (Cloreto de cetil trimetil amônio) e misture bem para homogeneização.

Sob agitação adicione posteriormente o silicone BRB 5446 e misture para homogeneizar.

Adicionar em seguida o Euxyl PE 9010 e misture para homogeneizar.

Em recipiente em separado misture em seguida a Essência e o Óleo de rícino hidrogenado até a solubilização da Essência. Posteriormente adicione essa mistura no produto sob agitação, agite para homogeneizar.

Verifique em seguida o pH que deve ficar entre 4,0 a 5,0. Se necessário, ajuste o pH com a solução de Ácido cítrico diluído em Água deionizada até obter pH entre 4,0 a 5,0.

Se desejar colorir, adicione posteriormente a solução de corante diluído em Água deionizada. Agite para homogeneização da formula.

Envase depois o condicionador de reparo para cabelos danificados em frascos ou potes plásticos.

Fornecedores de produtos químicos descritos na formula:
BRB 5446 (Silicone Quaternium-17, Trideceth 5 & 7): Alianza Magistral
Euxyl PE 9010: Emfal

Como fazer gel de Arnica

Como fazer gel de Arnica. Formula para fazer gel de Arnica. Produto é utilizado na pele como anti-inflamatório em contusões, distensões, nos casos de equimoses e hematomas causados por pancadas.

A Arnica é uma planta utilizada para tirar manchas roxas, que são manchas devido ao acúmulo de sangue na pele. As manchas podem ser de cor roxa, amarelada ou marrom, causadas por traumatismos e pancadas.

Benefícios do Extrato glicólico de Arnica Montana

Possui ação adstringente, ativadora da circulação periférica, tonificante, anti-inflamatório, anti-acne e é estimulante do couro cabeludo. Pode ser utilizado na preparação de cremes de massagem, loções de limpeza para peles oleosas, shampoos para cabelos oleosos e outras formulas cosméticas.

Se preferir, há outra formula de produto para uso em contusões, distensões e pancadas com o nome de Doutorzinho.

Modo de usar o Gel: Limpar bem o local e aplicar o gel na pele, logo depois massagear de forma suave, usar até três vezes ao dia. Não utilize o produto caso a pele apresente lesões abertas.

Desde muito tempo que a Arnica é utilizada em tratamentos para diminuir inflamações e dores musculares, hematomas, contusões, distensões musculares, etc.

Formula para fazer gel de Arnica

Formulação para fazer 2 kg de gel:

  • Carbopol 940 – 20 g
  • Água deionizada – 1678 g
  • Propilenoglicol – 100 g
  • Metilparabeno (Nipagin) – 2 g
  • Extrato glicólico de Arnica Montana – 200 g
  • Trietanolamina – qs (quantidade suficiente para pH 6,5 a 7,0)

Como fazer a Formula para fazer gel de Arnica:

Adicionar primeiramente a Água deionizada em um recipiente, polvilhar o Carbopol 940 na Água e manter agitação constante para a umectação do Carbopol 940 até não haver mais grumos. Você também pode deixar em repouso até a umectação do carbopol, procedendo depois com agitação até que fique uma solução sem grumos.

Em outro recipiente adicione posteriormente o Metilparabeno e o Propilenoglicol, misture bem até a solubilização do Metilparabeno, depois adicione no produto e misture para homogeneizar.

Em seguida adicione sob agitação o Extrato glicólico de Arnica e misture para homogeneização.

Proceda logo depois com a neutralização e espessamento do gel de Arnica, adicionando a Trietanolamina aos poucos e sob agitação até o pH do produto ficar em torno de 6,5 a 7,0.

Para checar o pH utilize as fitas de medir pH ou o aparelho pHmetro.

Misture bem logo depois e envase posteriormente em potes plásticos ou em bisnagas plásticas de uso cosmético, rotule e guarde em local adequado.

Como fazer doutorzinho em gel

Formula para fazer doutorzinho em gel. Como fazer doutorzinho para uso em dores e contusões. Produto muito utilizado em massagens para o alivio de dores, contusões, dores musculares, lombares, reumáticas, etc.

O doutorzinho em gel é um produto que serve para o alivio daquelas dores que incomodam, como a dor muscular ou ocasionada por contusão, serve também para dor proveniente de pancadas.

O Mentol presente na formula quando é aplicado sobre a pele, Mentol promove a dilatação dos vasos sanguíneos causando uma sensação de frio seguida de analgesia.

A Canfora presente na formula age como rubefaciente e analgésico. Canfora é muito usada na preparação de cremes, pomadas, loções e óleos utilizados no alivio de dores, contusões, mediante fricções.

O Salicilato de metila possui ação analgésica e anti-inflamatória, por esse motivo, o Salicilato de metila  é utilizado para o alívio de dores musculares, contusões, pancadas e torcicolos.

O doutorzinho em gel não é difícil de fazer e seus componentes podem ser adquiridos em distribuidores de produtos químicos ou em lojas virtuais na Internet.

Modo de usar: Aplicar uma quantidade do doutorzinho em gel na área afetada e fazer fricções. Não use se a pele estiver irritada ou lesionada.

Formula para fazer doutorzinho em gel

Formulação para fazer o produto para aliviar as dores musculares, contusões e torcicolos.

Carbopol 9407 g
Álcool 96° GL50 ml
Propileno glicol20 ml
Salicilato de metila10 ml
Mentol cristais10 g
Canfora10 g
Coranteqs
Trietanolaminaqs
Água deionizada900 ml

Modo de fazer a Formula para fazer doutorzinho em gel:

Em um recipiente adicione a Água deionizada, depois disperse o Carbopol 940 sobre a Água e mantenha agitação até não haver grumos. Para facilitar esse processo, pode-se deixar em repouso até a umectação do Carbopol 940 pela água.

Depois adicionar o Propileno glicol, Salicilato de metila e misturar.

Em um recipiente a parte adicione o Álcool 96° GL, Mentol cristais, Canfora e misture até ficar um liquido. Em seguida adicione ao produto, aos poucos e sob agitação.

Colorir se desejar com Corante diluído em água.

Agora vamos neutralizar com a Trietanolamina para que o gel seja formado, então adicione gotas de Trietanolamina, sempre sob agitação até que fique gelatinoso e encorpado.

A Trietanolamina deve ser adicionada até o pH ficar em torno de 7,0 a 7,5.

Para a checagem do pH utilize as fitas de medir pH disponíveis em lojas virtuais.

Depois misture bem para ficar homogêneo e envase em potes plásticos de uso cosmético.

Como fazer creme para limpeza de mãos

Fórmula de creme para limpeza de mãos. A formulação abaixo produz um creme muito consistente que é bem adequado para a remoção de terras e sujidades à base de hidrocarbonetos da pele.

Polawax na formula é uma cera emulsificante altamente eficiente, que facilita a preparação de cremes consistentes.

Pharmalan é a lanolina anidra, adicionada na fórmula para melhorar a hidratação e condicionamento da pele, deixando a pele macia e hidratada. Agente amaciante e emoliente para a pele, possui ação sobreengordurante, age também como condicionador e umectante.

É utilizado em formulas de produtos farmacêuticos e cosméticos, tais como emulsões e loções cremosas hidratantes para a pele, produtos solares, cremes de proteção e limpeza para bebês, cosméticos para maquilagem, condicionadores e Shampoos para cabelos, cosméticos para barba, sabonetes líquidos e em barra (sabonete sólido).

Fórmula de creme para limpeza de mãos

Isopar M3000 g
Polissorbato 60300 g
Polawax1000 g
Pharmalan500 g
Água deionizada5150 g
Essência30 g
Nipagin (Metilparabeno)15 g
Nipazol (Propilparabeno)5 g

Modo de fazer a Fórmula de creme para limpeza de mãos:

Fase 1) Em um recipiente adicione o Isopar M, Polissorbato 60, Polawax, Pharmalan, Nipazol (Propilparabeno), com agitação aquecer a mistura até 85°C.

Fase 2) Em outro recipiente adicione a Água deionizada, Nipagin (Metilparabeno) e com agitação aquecer até 85°C.

Em seguida, com ambas as fases a 85°C, adicione sob agitação a Fase 1 sobre a Fase 2, mantendo agitação constante até a temperatura abaixar para 40°C.

Depois adicione a Essência, mantendo agitação constante até que o produto fique consistente, liso e uniforme.

Logo depois de pronto o cosmético, embale em potes plásticos utilizados para cosméticos.

Aparência do produto: creme branco consistente para limpar as mãos.