Como fazer álcool gel

Fórmula grátis para fazer álcool gel para mãos.

O álcool em gel ganhou notoriedade no mercado brasileiro com a  gripe suína. Tendo em vista que o álcool puro a 96° GL não tem a mesma eficiência se comparado ao álcool etílico a 70%. Com o surgimento de casos de gripe suína no Brasil, o uso do álcool em gel aumentou, tanto em clinicas e hospitais, como no uso individual pela população brasileira.

Desde o surgimento da gripe suína as pessoas estão utilizando com maior frequência o álcool em gel. Hoje é comum você encontrar o produto em clinicas e nos hospitais, de forma geral sempre tem um frasco disponível para que os pacientes possam utilizar o produto para a assepsia das mãos.
Muitas pessoas levam consigo um frasco para uso pessoal, sendo possível a compra do produto em farmácias e supermercados em embalagens menores para levarem na bolsa.

O álcool gel e a água com sabão são as melhores alternativas para reduzir as chances de se contaminar com a gripe suína pelas mãos. O álcool gel pode ser muito útil, pois mata os vírus que porventura venham a ficar nas mãos ao tocar objetos, corrimões, barras para se segurar em ônibus ou no metro, maçanetas de portas, dinheiro, etc. No entanto, a maneira mais eficaz de se prevenir do H1N1 é a vacina.

Além do vírus da gripe suína (vírus H1N1), o álcool gel desinfeta as mãos de muitos outros microrganismos nocivos a saúde. Aplique o álcool gel nas mãos e espalhe, depois friccione em toda a superfície das mãos, dedos e entre os dedos por uns 20 segundos e deixe secar naturalmente.

Na pele das mãos pode haver bactérias, fungos e vírus (o vírus da gripe H1N1, por exemplo). A higienização das mãos com o álcool gel é uma das medidas mais simples que o individuo pode tomar para se proteger.

A sanitização das mãos com álcool gel 70% é importante devido a sua ação germicida. Ao entrar em contato com a pele das mãos o álcool gel elimina 99,9% dos vírus e bactérias.
A ação do álcool gel antisséptico acaba quando seca nas mãos, caso a pessoa se exponha a novos riscos de se contaminar, o álcool gel deve ser utilizado novamente.

Utilize o Álcool etílico 96° GL de uso farmacêutico, não utilize álcool combustível para fazer o álcool em gel..

Fórmula para fazer o álcool gel para mãos:

Álcool etílico 96° GL7.573 gramas
Carbopol 94050 g
Trietanolaminaqs até pH 7,0 a 7,5
Água deionizada2.285 gramas

Técnica para fabricar o álcool gel para mãos:

Adicione o Álcool etílico 96° GL em um balde de plástico limpo, depois adicione a Água deionizada e misture com uma pá de plástico.

Dispersar aos poucos o Carbopol sob agitação rápida para evitar a formação de muitos grumos.

Manter a agitação até que não haja grumos do carbopol, se preferir você pode deixar em repouso até a umectação do carbopol e depois dar sequência na preparação do produto. Nesse caso tampe bem vedando com um saco plástico limpo para evitar a evaporação do álcool.

Quando não houver mais grumos, ir adicionando a Trietanolamina aos poucos e sob agitação para a formação do gel.

A Trietanolamina deve ser adicionada até o pH chegar na faixa de 7,0 a 7,5. Vai checando o pH a cada adição da Trietanolamina.

Depois misture bem para o álcool gel ficar bem homogêneo.

O álcool gel não precisa ficar muito espesso para não prejudicar que ele saia facilmente do frasco e seja fácil de aplicar nas mãos.

Se não encontrar a Trietanolamina, utilize o Agente Neutralizante disponível na Casa do saboeiro.

8 comentários em “Como fazer álcool gel”

    1. O que promove o clareamento e transparência é a Trietanolamina durante o espessamento e acerto do pH, ao ser neutralizado durante o acerto do pH ele vai ficando transparente.
      Mas não se deve adicionar muito, somente o necessário para chegar na faixa indicada do pH na formulação do álcool gel, pois muita trietanolamina raleia e deixa o produto turvo.

  1. Existe algum produto alternativo para substituir o carbopol?

    1. Entre os espessantes que podem ser utilizados para substituição do carbopol no álcool gel estão o Hidroximetilpropilcelulose (HPMC) e o Aristoflex AVC, mas procure fazer pequenos testes antes.

  2. olá, você saberia me dizer onde posso encontrar o parâmetro de odorização do álcool, se existe algum manual com as concentrações adequadas

    1. Desculpe, não disponho da informação. Pode ser que na Farmacopeia Brasileira tenha essa informação.

Os comentários estão fechados.